8 de março de 2014

Alavancagem financeira

8.3.14


O conceito de alavancagem no âmbito da administração financeira lembra a ideia de uma alavanca, na qual é possível aumentar expressivamente os ganhos mantendo esforços fixos. Sendo assim o conceito de alavancagem pode ser compreendido como "o uso de ativos operacionais e/ou de recursos financeiros, com custos e despesas fixas, visando aumentar o retorno dos acionistas" (Lemes Jr. et al., 2005).

A alavancagem pode gerar tanto efeitos positivos quanto negativos. Existem três tipos de alavancagem: operacional, financeira e mista. Nesta postagem comento a respeito da alavancagem financeira.



Alavancagem financeira

Resultado da existência de encargos financeiros fixos, para aumentar os efeitos de variações no EBIT (LAJIR) sobre o LPA (lucro por ação). Assim como ocorre na alavancagem operacional, o Grau de Alavancagem Financeira (GAF) pode ser calculado de pelo menos duas formas: (i) como uma variação de um período para o outro ou ainda (ii) como uma forma de identificar o GAF para diversos níveis de EBIT.

Sob a primeira perspectiva podemos considerar o seguinte exemplo:

Ano 1 Ano 2 $\Delta\%$
EBIT (LAJIR)          500.000          600.000 20%
   (-) juros          200.000          200.000 0%
LAIR          300.000          400.000 33%
   (-) IR            75.000          100.000 33%
LL          225.000          300.000 33%

No exemplo acima, uma variação de 20% no EBIT é capaz de gerar um aumento de 33% no Lucro Líquido (LL), pois os juros foram mantidos constantes. Considerando que o LPA é a divisão do LL pelo número total de ações, teremos que o GAF para este exemplo será:

\begin{equation} \label{eq:gafvar} GAF=\frac{\Delta\% LPA}{\Delta \% EBIT}=\frac{33,3\%}{20,0\%}=1,67 \end{equation}

Se desejarmos calcular o GAF para diversos níveis de EBIT a equação é a seguinte:

\begin{equation} \label{eq:gafg} GAF=\frac{EBIT}{EBIT-JUROS}, \end{equation}
Substituindo os dados para o ano 1 da tabela acima teremos:

\begin{equation} \label{eq:gafex} GAF=\frac{500.000}{500.000-200.000}=1,67, \end{equation}

Se calcularmos o GAF da Equação \ref{eq:gafg} para o ano 2 da tabela teremos que $GAF=1,50$. Ou seja, mantendo os juros nos mesmos níveis, com um aumento no EBIT temos um aumento mais do que proporcional no LL e, consequentemente, no LPA. Este aumento no EBIT faz com que o GAF diminua, pois a empresa passa a operar menos "alavancada". Lembrando que isto somente ocorrerá caso a empresa consiga aumentar o EBIT mantendo os juros no mesmo patamar.

Podemos falar ainda em uma terceira forma de calcular o GAF.  A alavancagem financeira pode ser vista como uma relação entre o ROE (Return on Equity) e o ROA (Return on Assests). A seguinte equação demonstra esta situação:

\begin{equation} \label{eq:gafroeroa} GAF=\frac{\frac{LL}{PL}}{\frac{EBIT}{AT}}=\frac{ROE}{ROA}, \end{equation}
onde LL é o Lucro Líquido; PL o Patrimônio Líquido; e AT é o Ativo Total.

Embora existam diferentes formas de estimar a alavancagem financeira, a ideia central é perceber a mudança que ocorre no lucro líquido para cada alteração no lucro operacional.

Escrito por

Mestre e Doutorando em Administração

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 

© 2014 AdminConcursos. All rights resevered. Designed by Templateism

Back To Top