7 de março de 2014

Alavancagem Operacional

7.3.14


O conceito de alavancagem no âmbito da administração financeira lembra a ideia de uma alavanca, na qual é possível aumentar expressivamente os ganhos mantendo esforços fixos. Sendo assim o conceito de alavancagem pode ser compreendido como "o uso de ativos operacionais e/ou de recursos financeiros, com custos e despesas fixas, visando aumentar o retorno dos acionistas" (Lemes Jr. et al., 2005).

A alavancagem pode gerar tanto efeitos positivos quanto negativos. Existem três tipos de alavancagem: operacional, financeira e mista. Nesta postagem comento a respeito da alavancagem operacional.

Alavancagem Operacional

Significa aumentar o Lucro Antes dos Juros e Imposto de Renda (LAJIR ou EBIT) de forma proporcionalmente maior do que o aumento gerado na receita operacional. Ocorre alavancagem operacional quando um gestor é capaz de aumentar a receita operacional sem que os custos fixos sofram alterações. Cabe lembrar que o LAJIR é fruto da receita operacional menos os custos fixos e os custos variáveis. Dessa forma, na alavancagem operacional o gestor é capaz de gerar um aumento na receita apenas com um aumento no custo variável, mantendo o custo fixo como está.


Observação:
Custos fixos: Não sofrem alteração conforme aumento ou diminuição da produção Exemplos: aluguéis, salários, limpeza, segurança.
Custos variáveis: Variam proporcionalmente de acordo com o nível de produção Exemplos: comissões de vendas, insumos da produção, matérias-primas.


O Grau de Alavancagem Operacional (GAO) pode ser calculado de formas diferentes, dependendo da situação. Quando o objetivo é calcular o GAO como uma evolução em relação a períodos anteriores, pode ser utilizada a seguinte equação:

\begin{equation} \label{eq:gaolemes} GAO=\frac { \Delta \%{ EBIT } }{ \Delta \%{ Receitas } }. \end{equation}

Para exemplificar a Equação \ref{eq:gaolemes}, digamos que em uma determinada empresa com uma variação percentual nas Receitas ($ \Delta \%{ Receitas }$) de 20% de um ano para o outro o gestor consiga um aumento de 40% no EBIT ($\Delta \%{ EBIT }$) durante o mesmo período. Neste exemplo o GAO será igual a 2.

Quando o objetivo é calcular o GAO dentro de um único período, o indicador se dará da seguinte forma:

\begin{equation} \label{eq:gaogeral} GAO=\frac{EBIT+CF}{EBIT}, \end{equation}
onde $EBIT$ é o mesmo que LAJIR e $CF$ representa os Custos Fixos. O GAO ainda pode ser encontrado da seguinte forma:
\begin{equation} \label{eq:gaomcmo} GAO=\frac{MC_{taxa}}{MO}, \end{equation}
onde $MC_{taxa}$ é a razão entre a Margem de Contribuição e as vendas (ou receita operacional) e $MO$ é a Margem Operacional. Ambas variáveis são demonstradas a seguir:
\begin{equation} \label{eq:mc} MC_{taxa}=\frac{Vendas - CV}{Vendas}, \end{equation}
considerando que $CV=$ Custo Variável e:
\begin{equation} \label{eq:mo} MO=\frac{EBIT}{Vendas}.  \end{equation}

Suponha o seguinte exemplo adaptado de questão da CESPE para o cargo de Contador da Hemobrás, de 2008:

+ Receita Operacional          40.000,00
- Custos e despesas variáveis (7.200,00)
    -     Mão de obra (3.040,00)
    -      Matéria prima (4.160,00)
- Custos e despesas fixas (18.500,00)
    -     Custos fixos (14.000,00)
    -        Despesas fixas (4.500,00)
= LAJIR 14.300,00

Para encontrar o Grau de Alavancagem Operacional podemos utilizar a Equação \ref{eq:gaogeral}, substituindo os valores pelos fornecidos na questão:

\begin{equation} \label{eq:exgao} GAO=\frac{EBIT+CF}{EBIT}=\frac{14.300+18.500}{14.300}=2,2937, \end{equation}

Podemos ainda utilizar a Equação \ref{eq:gaomcmo} que obteremos o mesmo resultado:

\begin{equation} \label{eq:exgaomcmo} GAO=\frac{MC_{taxa}}{MO}=\frac{\frac{40.000 - 7.200}{40.000}}{\frac{14.300}{40.000}}=\frac{0,8200}{0,3575}=2,2937. \end{equation}

No exemplo acima percebemos que se aumentarmos a receita operacional para R\$ 50.000 e os custos variáveis para R\$ 9.000 teremos um GAO de 1,82. Por outro lado, se alterarmos a receita operacional para R\$ 30.000 e os custos variáveis para R\$ 5.400 teremos um GAO de 4,03.

Sendo assim, concluímos que o Grau de Alavancagem Operacional indica uma relação entre variações na receita e no EBIT. Quanto maior o GAO mais perto o lucro operacional (EBIT ou LAJIR) estará de zero, ou seja, a empresa estará mais próxima do ponto de equilíbrio contábil. 

Escrito por

Mestre e Doutorando em Administração

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 

© 2014 AdminConcursos. All rights resevered. Designed by Templateism

Back To Top